Paciente de São Vicente do Seridó com suspeita de H1N1 recebe alta hospitalar - Jornal Diário do Curimataú
Home » , » Paciente de São Vicente do Seridó com suspeita de H1N1 recebe alta hospitalar

Paciente de São Vicente do Seridó com suspeita de H1N1 recebe alta hospitalar

Written By Diário do Curimataú on quinta-feira, 14 de abril de 2016 | quinta-feira, abril 14, 2016

São Vicente Agora -


De acordo com profissionais da UPA, o diagnostico do paciente acusou pneumonia e Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, conhecida pela sigla DPOC

Um homem de 37 anos, natural e residente na cidade de São Vicente do Seridó, no Seridó paraibano, que estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Campina Grande - PB com suspeita de ter contraído a gripe H1N1, recebeu alta nesta terça-feira, 12, e não foi diagnosticado com a doença.

De acordo com informações apuradas, a vítima foi encaminhado para Campina Grande desde o último sábado, 09, quando foi examinado pelo médico que pelos sintomas apresentados, suspeitou que ele estivesse contraído a gripe.

De acordo com profissionais da UPA, o diagnostico do paciente acusou pneumonia e Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, conhecida pela sigla DPOC. Ele recebeu alta e vai fazer o tratamento em casa, sendo acompanhado por profissionais da saúde do município.

Mesmo sendo apenas uma suspeita de gripe H1N1, o assunto tomou conta da cidade e os participantes de um grupo de WhatsApp, se mostravam preocupados com a suspeita. Após a confirmação oficial de que a vítima não estava contaminada com a gripe H1N1, os integrantes agradeceram a Deus pela não confirmação.

Vacinação

A campanha de imunização contra o vírus da gripe em São Vicente do Seridó começou na última segunda-feira, 11, com a vacinação de gestantes e trabalhadores da saúde municipal. Ambos são os primeiros grupos prioritários da campanha.

No dia 30 de abril, no Dia D da campanha, serão imunizados todos os demais grupos de risco: crianças de seis meses até menores de cinco anos, pessoas com 60 anos ou mais, puérperas (até 45 dias após o parto). A vacinação para estes grupos segue até o dia 20 de maio.

As pessoas portadoras de doenças crônicas não-transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais também devem se vacinar. Para esse grupo não há meta específica de vacinação, porém, esse grupo deverá apresentar uma prescrição médica que justifique a vacinação. As doses vão estar disponíveis em todos os PSFs do município.

No município, a meta é imunizar 2.381 pessoas, o que corresponde a 100% da população considerada grupo de risco.

Os lotes da vacina usadas na imunização já são de 2016 e foram enviados pelo Ministério da Saúde. A vacina é trivalente, ou seja, previne contra três tipos do vírus: H1N1, H3N2 e B.


Compartilhe em sua rede :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

5 Anos fazendo jornalismo

Destaque da semana

Incêndio no lixão de Cuité causa fumaça que chega até cidade vizinha

NoticiandoPB – Na tarde desta sexta-feira (25), um incêndio foi registrado no lixão da cidade de Cuité-PB. A fumaça impressionou at...

DIVULGUE VOCÊ TAMBÉM

CREATIVE TV - 24h NO AR!

CURTA E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

Mais Acessadas

SEJA NOSSO REPÓRTER

TV: AVENTURA; ACOMPANHE

 


Copyright © 2016. Jornal Diário do Curimataú - Todos os Direitos Reservados. Grupo JM de Comunicação - Deus é Fiel
Desenvolvido Por Aluísio Silva