sexta-feira, 1 de abril de 2016

Estádio Municipal em Picuí envergonha cidade em jogos regionais

Francisco Araújo -

O estádio municipal Amauri Sales de Melo em Picuí, que já foi considerado a principal praça de esportes da região precisa urgentemente de melhorias.

O gramado pede socorro, sem adubação e recentemente sem ser irrigado, já que a bomba que envia água para os aspersores está quebrada e em alguns pontos não existe mais grama.

O que vem salvando a situação são as chuvas que caíram nos últimos dias, ainda bem.

As coberturas dos bancos de reservas, por medida de segurança foram tiradas. O alambrado se encontrada com várias estacas quebradas, além do salitre que é visível nas paredes.

Para comprometer ainda mais a situação o gramado vem recebendo “uma carga” de atividades muito intensa e isso dificulta sua recuperação.

No último domingo vários profissionais da imprensa presenciaram esses fatos. Presenciamos também quando o vereador Aldemir Macedo solicitava do prefeito do município a recuperação da referida bomba e se colocando a disposição para ajudar de alguma forma.

A preservação do estádio depende apenas de uma pessoa que ainda tem a responsabilidade de despachar água, deixando de cuidar dos afazeres, que é de cuidar do estádio.  

Nossa principal ‘praça de esportes’ está se deteriorando a olhos vistos. Será que vão deixar chegar à situação precária para começar a alinhavarem uma recuperação para o grandioso estádio Amauri Sales de Melo? Se comparado a cidade de Cuité, o estádio de Picuí precisa ser reconstruído, afinal, como vão valorizar o esporte se a principal praça para atividades físicas está neste estado.


Com a palavra a administração municipal!

COMPARTILHE