Mercadinho é assaltado por dois indivíduos na zona rural de São Vicente do Seridó - Jornal Diário do Curimataú
Home » , , » Mercadinho é assaltado por dois indivíduos na zona rural de São Vicente do Seridó

Mercadinho é assaltado por dois indivíduos na zona rural de São Vicente do Seridó

Written By Diário do Curimataú on domingo, 20 de março de 2016 | domingo, março 20, 2016

São Vicente Agora -


Na última quinta-feira (17), por volta de 10 horas da manhã, um mercadinho que fica na zona rural, no Sítio Vaca dos Frades, zona oeste do município de São Vicente do Seridó, foi assaltado.

De acordo com informações de participantes do grupo de WhatsApp São Vicente Agora, dois indivíduos armados com revólveres, de "cara limpa", em uma motocicleta, chegaram ao estabelecimento e anunciaram o assalto.

No momento do crime apenas a irmã do proprietário estava no estabelecimento comercial. Ainda segundo os participantes do grupo de WhatsApp, os bandidos levaram cigarros e dinheiro. O valor não foi informado.

Após o roubo os criminosos fugiram tomando destino ignorado. Até o fechamento desta matéria nenhum suspeito havia sido localizado ou preso pela polícia.

Assaltos, roubos, furtos e arrombamentos têm sido constantes no município, que possui cerca de 11 mil habitantes e apenas 2 policiais atuando por dia, o que não tem sido suficiente para inibir a ação dos criminosos, deixando a população com medo.


Compartilhe em sua rede :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

6 Anos fazendo jornalismo

Destaque da semana

Em Cuité, PRF recolhe 15 veículos irregulares durante operação na BR 104

Assessoria - O trabalho foi realizado na tarde desta quarta-feira no município de Cuité e fez parte de uma série de fiscalizações progr...

DIVULGUE VOCÊ TAMBÉM

CREATIVE TV - 24h NO AR!

CURTA E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

Mais Acessadas

SEJA NOSSO REPÓRTER

TV: AVENTURA; ACOMPANHE

 


Copyright © 2017. Jornal Diário do Curimataú - Todos os Direitos Reservados. Grupo JM de Comunicação - Deus é Fiel
Desenvolvido Por Aluísio Silva