quarta-feira, 9 de março de 2016

Governador causa 'saia justa' durante discurso em visita à Picuí, entenda

Assessoria -
Ricardo Coutinho
Foto: reprodução de internet
Em visita à cidade de Picuí para fazer a entrega de obras e assinar ordem de serviço da PB - 151 que liga Picuí a divisa com o Rio Grande do Norte, o governador Ricardo Coutinho pode ter cometido uma baita saia justa durante o seu discurso ao defender indiretamente o ex-presidente Lula.
É que o líder do grupo político que governa a cidade ha quase doze anos, o deputado estadual Rubens Germano, é um crítico duro do PT - Partido dos Trabalhadores - por tentar ligar a crise política que o país vem enfrentando com objetivo de atingir o principal nome da oposição como pré-candidato a prefeito, o vereador Olivânio Remígio (PT).
O governador Ricardo Coutinho é um dos nomes mais importantes a nível nacional na defesa do mandato de Dilma Rousseff (PT) a frente da presidência da república e, consequentemente, defende o ex-presidente Lula. Durante o seu discurso, o governador criticou duramente a ação realizada pela polícia federal em levar de forma coercitiva (obrigatória) Lula para depor na operação lava-jato frisando que é inadmissível esse tipo de comportamento perante alguém que e é o maior engrandecedor do Brasil mundo afora.
Com este momento, foi perceptível a expressão de decepção vista no rosto do deputado que fica quase todo o seu programa semanal falando sempre o mesmo discurso chato e enfadonho contra o PT achando que consegue manchar a vida política de Olivânio Remígio esquecendo que Picuí é uma cidade pequena onde 'todos se conhecem'.
Em ano de eleições de tudo se pode esperar em discursos e atos públicos que irão acontecer até o mês de outubro, é ver para crer.

COMPARTILHE