terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Servidores promovem mobilização na AL contra MP que congela salários e PCCRs

Heleno Lima -

O retorno dos deputados estaduais paraibanos aos trabalhos legislativos de 2016 será marcado pelo encontro dos parlamentares com centenas de servidores insatisfeitos com a Medida Provisória (242/2016) do governador Ricardo Coutinho (PSB), que congelou salários e planos de carreira da categoria.

O Fórum das entidades dos Servidores Estaduais está organizando para a amanhã (16), a partir das 9 horas, uma mobilização na Assembleia Legislativa, com o objetivo de cobrar dos deputados uma posição contrária a MP.

As entidades que integram o Fórum estão mobilizando seus filiados para participarem de uma manifestação na sede da Assembleia Legislativa e para cobrarem dos parlamentares posições contrárias a Medida Provisória. Um dos argumentos dos funcionários contra a MP 242 é o fato que eles não são os responsáveis pela crise econômica e não podem arcar com as consequências, com o congelamento de seus salários por tempo indeterminado, diante de uma inflação de mais de 10% registrada nos últimos 12 meses.

Outra justificativa  contra a MP 242 são estudos realizados por professores a Universidade Estadual da Paraíba – UEPB, mostrando que o impacto dos planos de cargos, carreiras e salários dos servidores na folha salarial do Governo do Estado é de no máximo 1% e por isso não gera a economia divulgada pelas fontes oficiais, mas serve para enfraquecer os serviços prestado a população e aumentar a insatisfação e o desestímulo dos servidores.

Na semana passada, a diretoria da ADUEPB enviou aos 36 deputados paraibanos uma carta solicitando seu posicionamento em relação a MP 242. Até o final da tarde de ontem, nenhum parlamentar tinha se posicionado.

Uma campanha através das redes sociais também vem sendo intensificada com o objetivo de ampliar a pressão sobre os parlamentares.

Para facilitar o deslocamento de professores e demais servidores, a ADUEPB disponibiliza transportes gratuitos de Campina Grande e demais campi da UEPB para João Pessoa.

COMPARTILHE