segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Corpo em avançado estado de decomposição foi encontrado em Nova Floresta

Galvani Silva -

Conversamos com o delegado Durval Barros que esteve no local. Segundo o mesmo, ele foi procurado pela Polícia Militar de Jaçanã com a informação de que haviam encontrado um corpo já em estado de decomposição em uma fossa\cacimba na fronteira de Jaçanã e Nova Floresta, na divisa da fronteira, mas ainda do lado da Paraíba. Ao chegar nessa propriedade, que é pertencente a Granja Martins o fato foi confirmado, onde havia um indivíduo dento da fossa, a polícia fotografou a cena e fez contato com o corpo de bombeiros de Campina Grande, com o IML e com IPC para que sejam tomadas as primeiras providências e tentar identificar essa pessoa.
Será analisado inclusive se há alguém desaparecido de Nova Floresta, Jaçanã ou das cidades circunvizinhas tanto da Paraíba quanto do Rio Grande do Norte.
Pelo estado de decomposição do corpo, é necessário que haja um laudo da perícia para averiguar se há sinal de violência no indivíduo. Através da análise do IPC poderá se ter noção da causa da morte.
Há a possibilidade de que este homem encontrado seja o senhor que veio de São Paulo para visitar parentes que não via há 30 anos e desapareceu.

COMPARTILHE