segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Conheça canil que abriga mais de 100 cachorros em Nova Floresta

Gustavo Camelo -

A Associação de Proteção aos Animais de Nova Floresta (APANF) abriga mais de 120 cachorros. Todos os animais acolhidos foram resgatados nas ruas ou abandonados pelos seus donos.
O canil foi fundado em 2014, e funciona graças ao trabalho dos voluntários e de doações da população da cidade e municípios vizinhos. O terreno onde está instalado o abrigo, foi cedido pela prefeitura municipal de Nova Floresta.

Durante a semana, “Ronaldo do Bar” e dois voluntários, limpam o local, preparam a comida e alimentam os mais de 100 cachorros. A mãe de Ronaldo também ajuda na limpeza, todas as manhãs ela dar a sua contribuição.
No ano passado, devido a uma parceria com o Ministério Público, o canil contava com mais colaboradores, pois alguns  jovens  encaminhados pela justiça, cumpria suas penas ajudando o canil.

No final de semana, os caninos recebem o carinho e cuidados de Jailma Macedo (Fotos). Jailma é funcionária pública e secretaria da APANF desde de sua fundação. Todos os sábados, ela dar banho e cuida das sarnas e pelos dos animais. “A primeira coisa é o amor que surge em cada atividade que faço dentro do canil e fora. É uma felicidade, sem haver explicação. Hoje tenho todos eles , como extensão da minha família. São seres com grande apreço de afinidade”, disse a voluntária.
Diariamente são gastos: 6 Kg de arroz, uma peça  grande de mortadela, 10 pacotes de vitamilho e 10 Kg de ração. Atualmente quatro cachorros estão em tratamento de câncer, gerando um despesa extra  de  R$ 800,00. Muitas das despesas são pagas através das doações, mas quando falta verba, os próprios voluntários tiram do bolso para arcar com os gastos.
Um dos grandes problemas enfrentados pela associação,  é o abandono de filhotes, onde moradores deixam "sem dó nem piedade" os animais indefesos na porta do canil. Ao chegarmos no local, nos deparamos com dois filhotes que foram abandonados por seus donos. De acordo com Ronaldo, esses filhotes são propícios a contraírem viroses  e morrerem, principalmente no período chuvoso, pois são frágeis e requer  cuidado redobrado.

Quem quiser doar ou adotar  um cachorro, procure a APANF, na Rua Manoel Ferreira de Lima, no  Bairro Francisco Estevão (Bocão), na cidade de Nova Floresta-PB.  Ajude os animais depositando qualquer quantia nas caixinhas espalhadas nos comércios locais. Pessoas de outras localidades podem contribuir depositando na seguinte conta:

Associação de Proteção ao Animal de Nova Floresta . 
Banco do Brasil Cuité
Agência: 0657-2
Conta Corrente: 26585-3 

Vídeo:

 

COMPARTILHE