sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Ventania e granizo arrancam árvores e telhados na região de CG; Aesa explica

Portal Correio -

Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) está monitorando a ventania e informou que ela chegou acompanhada de uma nuvem de chuva de grandes proporções que veio de Pernambuco.


Uma forte ventania foi registrada em Campina Grande, na tarde desta sexta-feira (29), provocando a queda de árvores e do telhado de uma arquibancada. Não há registro de pessoas feridas. Também teria ocorrido queda de granizo em Fagundes e Alagoa Grande, cidades da mesma região.
A Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) está monitorando a ventania e informou que ela chegou acompanhada de uma nuvem de chuva de grandes proporções que veio de Pernambuco. A Agência informou que não tem condições de precisar detalhes sobre o granizo, mas adiantou que ele pode ocorrer por conta das condições climáticas já previstas.
O meteorologista da Aesa Alexandre Magno explicou que o granizo pode estar ocorrendo devido ao encontro dessa nuvem de chuva com as áreas de calor do Agreste e Cariri da Paraíba. Segundo ele, às 17h35 (local), a região estava com céu fechado, trovoadas e relâmpagos e poderia receber chuvas em pontos isolados nas próximas horas. “Essas ocorrências são normais e acontecem por conta do vórtice ciclônico que atua no Nordeste”, afirmou.

Incidentes
O Corpo de Bombeiros de Campina Grande registrou, até as 17h30 (local) desta sexta (29), três ocorrências relacionadas com a ventania na cidade. Conforme os Bombeiros, uma árvore caiu sobre um carro no canal de Bodocongó, outra despencou no bairro da Prata, e o telhado da arquibancada do Clube do Campinense foi arrancado, na Bela Vista. Ainda de acordo com os Bombeiros, não há registro de vítimas feridas.

COMPARTILHE