sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Jaçanaense é detida com droga e celular na vagina e diz que usava DIU para entrar em presídio

Portal Correio -


Uma jovem de 22 anos foi presa durante a revista íntima na Penitenciária Padrão de Campina Grande, Agreste do estado, com quatro tabletes pequenos de maconha e um celular dentro da vagina, nesta sexta-feira (8). Ela foi flagrada no scanner corporal e falou que usava um Dispositivo Intrauterino (DIU), um método contraceptivo.

Segundo Anselmo Vasconcelos, diretor da unidade prisional, Juciane Silva Amaral estava na penitenciária para visitar o companheiro que responder por assalto. O apenado está no presídio em agosto de 2015, depois de ter sido transferido da Cadeia Pública de Cuité, no Curimataú do estado.
“Quando o scanner corporal detectou o material dentro da vagina dela, a mulher disse que seria um DIU (dispositivo intrauterino) – que evita gravidez. Levamos a jovem para o Hospital de Trauma e quando chegou na unidade ela revelou que seria droga e o celular”, revelou o diretor.
Juciane Silva foi levada para a Central de Polícia Civil de Campina Grande. Ela foi indiciada por tráfico de drogas e deverá ser transferida para o presídio feminino.

87

COMPARTILHE