Deputado é alvo de revoltas e ironias nas redes sociais - Jornal Diário do Curimataú
Home » , , » Deputado é alvo de revoltas e ironias nas redes sociais

Deputado é alvo de revoltas e ironias nas redes sociais

Written By Diário do Curimataú on domingo, 10 de janeiro de 2016 | domingo, janeiro 10, 2016

Janderye Macedo -

Após criticar os internautas usuários de redes sociais denominando como ‘fuxiqueiros de plantão’, o deputado estadual que se diz representante do Seridó e Curimataú Paraibano foi alvo de revoltas e críticas de muitas pessoas que não gostaram nada da declaração.

No final de seu programa, que é exibido aos domingos em cadeia de rádios espalhada na região, o deputado citou que ‘os fuxiqueiros de plantão se escondem de forma anônima nas redes sociais’. Embora não tenha especificado a ninguém ou grupo político, a declaração não foi bem recepcionada pelos internautas que acompanhavam o programa e gerou reação imediata nos grupos de Whatsapp e Facebook além de ser tema de uma postagem escrita pela renomada jornalista Fabiana Agra no grupo social “Amigos de Picuí”, que é um dos mais ativos da Paraíba.
“O deputado e sua assessoria só dão tiros no pé”, declarou um internauta. Outro internauta ainda publicou ‘Sabe do que mais meu povo? Povo que fuxica unido, jamais será vencido’. Além de um comentário pra lá de irônico de outro internauta dizendo que ‘vai aproveitar e oferecer os fuxicos da avó do marido para vender’. A declaração atingiu ainda os membros do próprio grupo do deputado tendo em vista que os mesmos (inclusive o deputado) utilizam as redes sociais para divulgar suas ações, trabalhos e conquistas administrativas.


Veja abaixo a postagem da jornalista Fabiana Agra:


Caso você vá até o Aurélio, certamente vai encontrar o termo “fuxiqueiro” como sinônimo de intriga, fuxico e bisbilhotice. E significa isso mesmo, sem dúvidas. Mas como fui informada agora a pouco de que um certo político nordestino havia feito um pronunciamento radiofônico, em que tratava por “fuxiqueiros” os internautas que utilizam as redes sociais para cobrarem as ações dos governos federal, estadual e municipal, só posso entender que o nobre político não utilizou o termo no sentido dicionarístico porque, como nordestino que é, lembrou-se de um tipo de artesanato muito difundido por estas bandas, que consiste em pegar restos de panos, fazer umas “trouxinhas” que, costuradas umas as outras, formam colchas, toalhas de mesa, capas de sofá, camisetas, enfim, tudo o que a criatividade dos artesãos conseguir imaginar. Pensando na arte local, o político utilizou o termo querendo chamar todos os internautas por um nome bem nordestino, isto é, pessoas que transformam pedaços de pano em obras de arte, uma bela alegoria para nós, internautas.

E foi muito feliz a colocação do nobre deputado, ora pois! Sim, atualmente os debates e informações disseminados através das redes sociais funcionam como verdadeiras “trouxas-de-pano virtuais” que vão se unindo, sendo costuradas, para finalmente fazerem parte de um belo trabalho artesanal e servindo para cobrir e adornar diversos objetos - prestando até mesmo para transmutar o próprio corpo do establishment brasileiro. E ai do político que ousar deixar de lado a ferramenta poderosa das redes sociais – estará fadado ao fracasso ou, no mínimo, ficará nas mãos de assessores mais afeiçoados a tais ferramentas - e aí já viu...
Então é isto, neste aspecto eu sou fuxiqueira, você que está lendo isto é fuxiqueiro e todo mundo que está nesta rede é fuxiqueiro. E tem mais: precisamos fazer a multiplicação das trouxas-de-pano virtuais, para que novas colchas de fuxico sejam produzidas e disseminadas entre nós e pelo mundo afora. Devido à força da Internet, hoje o povo pode até ainda não ter vez, mas está caminhando nesta direção, posto agora ter voz, graças à propagação de suas reivindicações, garantida através das redes sociais.
Sim, eu sou, você é, todos nós somos fuxiqueiros.
Esta trouxa-de-pano virtual eu dedico ao blogueiro Francisco Araújo.



* Fabiana Agra é advogada e jornalista
Compartilhe em sua rede :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

5 Anos fazendo jornalismo

Destaque da semana

ONG Nova Baraúna comemora 11 anos de fundação; veja programação

Redação - No próximo dia 17 de dezembro, a ONG Nova Baraúna comemora 11 anos de fundação. As festividades terão inicio cedinho com al...

DIVULGUE VOCÊ TAMBÉM

CREATIVE TV - 24h NO AR!

CURTA E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

Mais Acessadas

SEJA NOSSO REPÓRTER

TV: AVENTURA; ACOMPANHE

 


Copyright © 2016. Jornal Diário do Curimataú - Todos os Direitos Reservados. Grupo JM de Comunicação - Deus é Fiel
Desenvolvido Por Aluísio Silva