terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Prefeitura Setorial do CES/UFCG executa serviços de terraplanagem no campus de Cuité

Ascom/CES -

Ação que conta com a parceria da Prefeitura de Nova Floresta, visa à implantação da nova estufa agrícola e melhora do acesso à nova fossa séptica.

A Prefeitura Setorial do Centro de Educação e Saúde (CES) da UFCG, campus de Cuité, continua executando os serviços de terraplanagem para o funcionamento adequado de seus novos equipamentos. Desde a última sexta até esta segunda-feira (21), uma retroescavadeira, fornecida pela Prefeitura Municipal de Nova Floresta-PB, esteve realizando o trabalho de aterramento e nivelamento da área onde vai ser instalada uma casa de vegetação/estufa agrícola.

“A realização desses trabalhos de preparação de terreno no campus através de parcerias, como a que foi feita com a Prefeitura de Nova Floresta, é bastante importante, pois demonstra o comprometimento das gestões envolvidas com a educação e desenvolvimento da região promovidos pela universidade”, destaca o diretor do CES, Ramilton Marinho.

A Casa de Vegetação a ser implantada mede 7m (largura) x 21m (comprimento) e foi adquirida através de recursos do Programa de Extensão Universitária (PROEXT). Na estrutura serão realizadas diversas experiências e pesquisas que buscam o desenvolvimento da agricultura, meio-ambiente e produção acadêmica. O espaço será utilizado para trabalhos técnicos, como por exemplo, na produção de mudas de plantas nativas da caatinga.

Terraplanagem do acesso à Fossa Séptica

Também nesta segunda, a retroescavadeira de Nova Floresta executou o aterramento da tubulação direcionada ao novo conjunto de fossas sépticas do campus de Cuité, além de ter contribuído para o nivelamento da parte lateral e melhoria do acesso à unidade.

“Todo este serviço de terraplanagem foi feito para evitar uma possível erosão e futuramente melhorar 100% o acesso ao local”, explica Edivaldo Balbino - responsável pelo Setor de Obras do CES. 
A nova fossa séptica do campus (localizada por trás do prédio do Laboratório de Análises Clínicas – LAC) passou a receber, nos últimos dias, todos os esgotos do Restaurante Universitário (RU), Unidade de Pescado, Bloco I (bloco de aulas), além do próprio LAC (em fase de construção).

COMPARTILHE