terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Ato público em defesa de Dilma lota Teatro Paulo Pontes: “Ricardo adverte que o fantasma do golpe deve ser afastado”

Polêmica Paraíba -
Ato público em defesa da presidente Dilma Rousseff (PT) realizado nessa terça (15) lotou o Teatro Paulo Pontes, no Espaço Cultural. A mobilização, chamada de “A Paraíba Pela Democracia: Golpe Nunca Mais”, foi organizada pelo governador Ricardo Coutinho (PSB).
Por meio de uma carta, Ricardo Coutinho convoca a população para participar da mobilização e defende o respeito à Constituição Federal e o Estado Democrático de Direito. Representantes de várias instituições, preocupadas com o futuro do Brasil, já confirmaram presença.
Em entrevista concedida no evento, Ricardo chamou a oposição de oportunista e declarou que o PT deu a oportunidade de o país ter estabilidade política e avançar. Ele salientou que o “golpe” deve ser afastado, pois iria decretar um sistema de instabilidade no país impedindo a saída da crise.
Segundo o governador, não há acusação plausível para impeachment. “Tem as pedaladas fiscais que FHC fez, Lula fez, Dilma fez, mas não há gravidade para retirar a presidente, pois dessa forma se provoca instabilidade total”.
“O Brasil precisa de estabilidade, não de ameaças e chantagens. A decisão do presidente da Câmara dos Deputados de aceitar abertura do processo de impeachment da presidente Dilma aponta em sentido contrário, ao qual as instituições e a sociedade civil precisam responder. O povo não merece isso e ao Poder Legislativo não convém ser presidido por alguém movido pelo ódio. A democracia brasileira, tão jovem e tão duramente conquistada, não pode ser refém de chantagem de qualquer natureza”, ressaltou Ricardo Coutinho.


COMPARTILHE