segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Agência do BB de Picuí abre nesta segunda (07) para alguns serviços

Francisco Araújo -

De acordo com informações divulgadas no jornal da rádio Cenecista de Picuí, a partir desta segunda feira (07), a agência do Banco do Brasil local disponibilizará alguns serviços online ao público, como transferências, pagamento de contas através do código de barras, assuntos relacionados a cartões bancários, ou seja, serviços que não envolva circulação de dinheiro dentro da agência devido à mesma, no momento não ter cofre disponível, arrombado na madrugada da última quarta feira (02), por uma quadrilha especializada em roubos a bancos.

De acordo com informações do prefeito Acácio Araújo, os pagamentos referentes ao 13º salário (dia 10), e ao mês de dezembro (dia 30), dos funcionários da prefeitura municipal de Picuí serão realizados normalmente, já que são depósitos online e os mesmos poderão receber seus proventos em qualquer agência do BB no país.

O problema é que a agência mais próxima fica na cidade de Cuité que se encontra sobrecarregada, atendendo clientes de Barra de Santa Rosa, Sossego, Damião, Nova Floresta, Baraúna, Jaçanã, Coronel Ezequiel, e agora Picuí.

De acordo com um cliente de Cuité, constantemente falta dinheiro nos terminais eletrônicos e agora com as limitações da agência de Picuí, a situação se complicou, pois a demanda aumentou.

Para constatar a situação das agências do BB na região, confira o que postou numa rede social, a advogada e jornalista Fabiana Agra na sua odisseia em busca de dinheiro:

Depois da queda, o coice...
Acabei de percorrer mais de 100km para conseguir sacar algum dinheiro. Cuité eu nem fui, pois amigos me avisaram que a sobrecarga de clientes do banco de lá é muito grande, já que a agência está suportando também o pessoal de Barra de Santa Rosa e Baraúna. Então resolvi ir até o RN - aí começou uma pequena odisseia!

Após dirigir os 15km da estrada carroçável que foi esquecida pelos políticos e de mais 13km nem tão ruins assim, cheguei a Carnaúba dos Dantas e lá me avisaram que o dinheiro nos caixas havia acabado ontem à tarde; como Parelhas é uma cidade um pouco maior e com muita movimentação financeira, fui até lá - dei com os burros n'água, ou melhor, na areia, nada de dinheiro em Parelhas... Aí resolvi ir até Jardim do Seridó, já disposta a, caso lá também não conseguir sacar o bendito dinheiro, ir na direção de Acari até Currais Novos. Finalmente, ainda restava algum dinheiro na agência de Jardim...

Aí eu pergunto a quem de direito: e como ficará a situação dos aposentados, pensionistas e dos comerciantes de Picuí, Frei Martinho, Nova Palmeira e Pedra Lavrada? Se para conseguir sacar algum dinheiro eu precisei percorrer mais de 100km!!! E quem não tem meio de transporte e/ou condições de fazer o mesmo? E o 13º salário dos aposentados/pensionistas, como fica?

Atenção políticos de Picuí: chegou a hora de Vossas Excelências fazerem alguma coisa pela nossa população neste sentido, do contrário, teremos um fim de ano para lá de complicado! #‎FicaaDica

Fabiana Agra, advogada e jornalista.


COMPARTILHE