domingo, 8 de novembro de 2015

População do Seridó e Curimataú da PB convive constantemente com medo da violência

Blog de Nova Palmeira -

Com níveis assustadores de violência, as pessoas circulam pelas ruas das cidades e na zona do campo com medo do que possa acontecer

A violência cresce de forma acelerada e sem controle na região do Curimataú Ocidental¹ e Seridó Oriental² paraibano. Com população estimada em 204.872, segundo pesquisa do IBGE, em 2015, os habitantes das duas regiões assistem atônito à escalada dos assaltos, arrombamentos, e os mais variados delitos praticados por bandidos que tem tornado as ações cada vez mais corriqueiras.
Com o nível assustador de ações delituosas, as pessoas circulam pelas ruas das cidades e na zona rural, com medo do que possa acontecer, sendo impedida de usar do seu direito de ir e vir com tranquilidade.

Tomando por base os últimos sete dias, foram vários os atos criminosos em vários municípios das regiões em destaque. Na segunda-feira (2), dois sítios de comunidades rurais de Nova Palmeira tiveram suas portas arrombadas e assaltadas, com moradores sendo espancados e ameaçados com armas de fogo apontada para a cabeça.

Na terça (3), o que era pra ser um momento de diversão, se tornou minutos de agonia, com clientes de um espetinho sendo roubados, em Cuité.

Na quarta-feira (4), um caminhoneiro que seguia com destino a Campina Grande, foi assaltado na saída da cidade cuiteense. Também na quarta, só que agora, em Picuí, o comerciante 'Beto das Sacolas' teve o seu comércio invadido por dois elementos, que levaram todo o dinheiro arrecadado. Ainda em Picuí, na quinta-feira (5), um cidadão foi alvejado após tentativa de roubo.

Nova Floresta, uma das cidades mais visadas pelo crime, teve dois estabelecimentos comerciais como alvo dos bandidos apenas no sábado (7), e Cuité, na sexta-feira (6) e neste domingo (8), também esteve na mira de assaltantes, que invadiram um mercadinho e uma panificadora, respectivamente.

O que fazer para sanar tal situação?

A violência resulta da desintegração da sociedade que, por sua vez, ocorre porque não existe respeito humano.

É uma situação ampla e complexa, que precisa ser discutida com participação de todos segmentos sociais.

¹Curimataú Ocidental - População estimada em 126.686 habitantes
²Seridó Ocidental paraibano - População estimada 78.186 habitantes


COMPARTILHE