segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Multidão se reúne em Barra de Santa Rosa para assistir filme produzido na cidade

Ratão Diniz -
O município de  Barra de Santa Rosa, na Paraíba, realizou na noite do último sábado (31/10) uma das maiores exibições de todas as edições do Revelando os Brasis. Mais de 1.800 moradores participaram da sessão aberta e gratuita realizada em frente à Igreja Matriz.
A atração principal da noite, o filme “Sonho Novo” da diretora Sandra Buriti, conta uma história que se repete no coração da população da cidade. O jovem Romário sonha em ser universitário, mas a seca o obriga a procurar emprego em outro estado. O inesperado acontece quando a pequena Natinha dorme: seus sonhos mudam completamente a viagem dos dois.
Desde a gravação da ficção, a comunidade se envolveu no projeto ao desempenhar funções artísticas e técnicas. Com a proximidade da exibição, os barrenses capricharam na mobilização e até criaram um concurso para escolher quem criasse a melhor foto junto ao cartaz do filme. A turma também distribuiu panfletos nas escolas convidando para a apresentação do circuito.
No sábado, antes de começar a montagem, as produtoras Patrícia Cortes e Gabriela Nogueira e o fotógrafo Ratão Diniz, que integram a equipe do Instituto Marlin Azul, participaram de uma entrevista ao vivo na Rádio 89 FM, na cidade de Cuité. A diretora do filme assumiu a liderança do programa e entrevistou o grupo sobre a caravana Revelando os Brasis.
Mais tarde, as produtoras, o fotógrafo, a diretora e diversos moradores da cidade correram para a preparação da praça. Além das 200 cadeiras que viajam com o caminhão-cinema, outras 200 cadeiras foram cedidas pela igreja para acomodar os espectadores. Mas o público era ainda maior, superando a expectativa e surpreendendo todos os envolvidos na organização. Quem morava próximo ao local também levou banquinhos para se acomodar diante da telona.
A história emocionou a comunidade! “Foi lindo de ver as pessoas envolvidas na história, os jovens se vendo na situação do personagem Romário, pois passar no vestibular é um sonho e ter um sonho interrompido por motivos maiores é de cortar o coração. Depois da sessão, os jovens vinham me contar o que sentiram”, relata a diretora.
Sandra conta que chove todos os anos na região, mas não o suficiente para encher o açude que abastece a cidade e manter o sustento dos agricultores familiares nas comunidades rurais. Durante as estiagens prolongadas, Barra de Santa Rosa precisa ser abastecida por carros-pipa.
Ao se reconhecerem na tela, os moradores queriam ver o filme mais uma vez. E a equipe atendeu ao pedido. “Natinha (personagem do filme) representou nossos desejos, nossas orações, nossa esperança. Quando ela sonhou com a chuva e começou a chover no filme, as pessoas aplaudiram. Era como se nossas orações chegassem a Deus”, relata Sandra Buriti.
Inundada pela emoção, a diretora saúda ao trabalho coletivo do Revelando os Brasis. “Estou me sentindo muito feliz. Sonho Novo é um presente para nossa cidade, para nosso povo. Desde o início não fiz nada sozinha, costumo dizer que não fiz nada, apenas me juntei a pessoas brilhantes e competentes para que tudo desse certo. Não tinha como dá errado. Agradeço ao IMA, ao Revelando os Brasis e a Petrobras por proporcionarem a realização desse sonho, o sonho de todos nós Barrenses”, agradece a diretora da quinta edição.

COMPARTILHE