sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Corinthians empata com o Vasco e, enfim, é hexa do Brasileirão

Redação com wscom -

Gol de Vagner Love e vitória do São Paulo sobre o Atlético-MG garantem título ao Timão com três rodadas de antecedência; Vasco segue na vice-lanterna


Em São Januário lotado, o Corinthians não conseguiu bater o Vasco, e acabou empatando em 1 a 1, mesmo com um jogador a mais. Apesar do resultado, o alvinegro deixará o Rio de Janeiro com o título de Campeão Brasileiro – graças ao rival São Paulo, que derrotou o Atlético-MG no Morumbi, por 4 a 2, em um jogo eletrizante.
Um clima de guerra cercou a partida desde antes do apito inicial: bares ao redor do estádio fecharam e torcedores foram detidos com bombas. Dentro de campo, a pressão da torcida vascaína foi grande, e embalou o time, que conseguiu evitar a derrota.
Dentro de campo, o Vasco foi valente, e tentou pressionar. Rodrigo foi expulso, mas mesmo assim o time cruzmaltino não se abateu: em um lance de Nenê para o lateral esquerdo Júlio César, saiu na frente. Cedeu o empate, mas conseguiu se segurar e evitar a derrota.
O Corinthians vai a 78 pontos e já não pode ser alcançado – jogará o clássico contra o São Paulo no próximo domingo e as últimas três rodadas do campeonato para cumprir tabela e receber os louros do título. O Vasco, por sua vez, deve enfrentar dificuldades para escapar do rebaixamento, já que ocupa a vice-lanterna com 34 pontos.
FASES DO JOGO
1º Tempo
O Vasco começou o jogo ligado, atacando mais do que o Corinthians. Logo aos 15 minutos, Rafael Silva teve uma boa chance, recebendo dentro da área, mas Cássio fez a defesa. Os donos da casa ainda deram outro susto com Rodrigo, que se antecipou em bola áerea mas cabeceou para fora. Os comandados de Tite demoraram para "entrar" na partida, mas quando finalmente o fizeram levaram bastante perigo. Malcom apareceu após bom passe de Jadson, mas não aproveitou. O próprio camisa 10 quase balançou as redes no finalzinho, em boa cobrança de falta, mas Martín Silva espalmou - o primeiro tempo, muito disputado, terminou no 0 a 0.

2º Tempo
O segundo tempo começou de forma parecida com o primeiro: equilibrado, com o Vasco um pouco mais agressivo. Madson arrancou pela direita, mas chutou muito longe do gol de Cássio. Rodrigo, entretanto, tentou colocar uma pedra sobre o ímpeto vascaíno, ao dar uma verdadeira solada na cara de Malcom. Cartão vermelho. Mesmo com um homem a menos, embalado pela torcida, o Vasco conseguiu achar o gol: tabela pela esquerda, Júlio César invadiu a área e tocou na saída de Cássio - 1 a 0. A pressão corintiana começou a crescer depois do gol, e se tornou insustentável aos 37 minutos: Lucca ajeitou de cabeça e Vagner Love empatou. Os dez minutos finais tiveram o Corinthians já campeão, tocando a bola, enquanto os reservas comemoravam no banco.

FICHA TÉCNICA
VASCO X CORINTHIANS

Local: estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 19 de novembro de 2015, quinta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Cartões amarelos: Rodrigo, Diguinho (Vasco); Jadson, Edilson (Corinthians)
Cartão vermelho: Rodrigo (Vasco)

VASCO: Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Diguinho (Rafael Vaz), Serginho, Andrezinho e Nenê; Rafael Silva (Jorge Henrique) e Riascos (Éder Luís)
Técnico: Jorginho.




COMPARTILHE