Cineasta florestense lança o seu primeiro filme - Jornal Diário do Curimataú
Home » , » Cineasta florestense lança o seu primeiro filme

Cineasta florestense lança o seu primeiro filme

Written By Diário do Curimataú on segunda-feira, 23 de novembro de 2015 | segunda-feira, novembro 23, 2015

Rede mais notícias -

Na noite deste sábado (21), a diretora e atriz Cicera Francisca da Silva, estreou o seu primeiro filme em sua cidade de origem. Cicera trabalha há 22 anos na área do cinema e teatro,  tendo diversas participações em curtas-metragens produzidos na Paraíba e no Rio Grande do Norte. A diretora também faz parte do elenco do  próprio filme.
Várias pessoas assistiram com exclusividade, através da estrutura itinerante do Cine Sesc,  o filme “Isabel, em… O Milagre”, que foi reproduzido em um evento público na Praça de Eventos na cidade de Nova Floresta-PB.  O filme  é baseado em fatos  reais, que conta a história de uma menina que morreu de fome e sede há 130 anos atrás na comunidade Gravatá na zona rural de Picuí.  O filme tem duração de 60 minutos e foi gravado em três municípios: Currais Novos-RN, Sitio Gravatá(Picuí-PB) e em Nova Floresta-PB.
A produção foi patrocinada pelos comerciantes locais, que acreditaram na cineasta e ajudaram como puderam para ver o trabalho concluído. 
Mas antes desse sucesso veio a superação de uma mulher humilde, mãe de seis filhos, que mesmo diante dos obstáculos da vida não fraquejou e conseguiu realizar um dos seus sonhos.
Tudo começou em 2011, quando  o diretor de cinema Joel Torquato, realizou um curso na cidade de Nova Floresta e pediu que os participantes escolhessem uma história e fizesse um roteiro de filme.  “Eu estava conversando com “Dona Bila”  um dia e ela me contou sobre a história da Capelinha do Gravatá, ai como já tinha em mente o que ela me falou, apresentei a Torquato e ele no outro dia  pediu para eu escrever o roteiro.
Durante os quatro anos de gravação houve diversos contratempos na vida pessoal e profissional da diretora: A cirurgia de sua filha (atriz principal do filme), o Acidente Vascular Cerebral (AVC), sofrido pela diretora, o assassinato do filho e da nora,  e já depois da conclusão da obra, a perca de um dos integrantes (primo de Cicera) morto em Minas Gerais.
Além desses acontecimentos veio as dificuldades financeiras, pois a renda de Cicera  é provinda  do bolsa família e de aulas realizadas em programas sociais, que não ultrapassa  R$ 500,00. “Esse filme é muito importante pra mim, porque antes do AVC fiz um empréstimo para ajudar na produção do filme, dai quando veio a doença eu fiquei impossibilitada de trabalhar para pagar o empréstimo, e também  gastei o dinheiro com o tratamento. Eu não tive direito a nenhum auxilio, pois nunca paguei INSS, mas Deus me deu uma missão aqui na terra, por isso  continuei persistindo.”
No total, 25 pessoas voluntárias formaram o elenco do filme, entre crianças, adolescentes, adultos e idosos. Cicera também adicionou no elenco uma neta com deficiência física. A diretora sempre inclui nos seus trabalhos jovens que residem em áreas de risco, incentivando os mesmos a gostarem  da ‘sétima arte’,  e tirando o foco da criminalidade que os rodeiam. “ Eu sempre gosto de trabalhar com os jovens que moram em locais críticos, para livrar eles das drogas e do crime, pois perdi o meu filho, dependente químico, para o mundo do crime”.
Cicera se prepara para produzir outro filme, que será escrito em 2016. A guerreira tem um sonho de participar de um programa de TV para poder mostrar para o Brasil e o mundo os seus trabalhos. “Meu sonho é de participar de um programa de TV para ver se conseguimos mais apoio e também mostrar para o Brasil nossos trabalhos feitos com muita luta e dedicação”.
Dia 05 de dezembro será a vez da cidade de Parnamirim-RN apreciar o filme “Isabel, em… O Milagre”.
O DVD custa R$ 10,00, e pode ser adquirido com Cicera Silva ou Helena Amaral
O DVD custa R$ 10,00, e pode ser adquirido com Cicera Silva ou Helena Amaral
Compartilhe em sua rede :

0 comentários:

Speak up your mind

Tell us what you're thinking... !

5 Anos fazendo jornalismo

Destaque da semana

Estudantes do Campus Picuí são campeões em Robótica

Ascom - Estudantes do Laboratório de Engenharia de Software e Hardware (LESH) do Campus Picuí, em parceria com o FabLab, se sagraram ca...

DIVULGUE VOCÊ TAMBÉM

CREATIVE TV - 24h NO AR!

CURTA E RECEBA NOSSAS ATUALIZAÇÕES

Mais Acessadas

SEJA NOSSO REPÓRTER

TV: AVENTURA; ACOMPANHE

 


Copyright © 2016. Jornal Diário do Curimataú - Todos os Direitos Reservados. Grupo JM de Comunicação - Deus é Fiel
Desenvolvido Por Aluísio Silva