segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Cemitérios de Picuí são muito visitados no dia de finados

Francisco Araújo 
Fotos: Vicente Tenta -


O fluxo de pessoas foi intenso nesta segunda-feira (02), dia de finados, nos cemitérios Monte Santo e São José em Picuí. 

Durante todo o dia familiares e amigos visitaram os túmulos onde seus entes queridos foram sepultados.

Ambulantes aproveitaram a data para ganharem um ‘dinheirinho’ extra vendendo velas, grinaldas e coroas de flores.  
O dia de finados tem por objetivo principal relembrar a memória dos mortos, dos entes queridos que já se foram, bem como (para os católicos) rezar pela alma deles, haja vista que, de acordo com a doutrina da Igreja Católica, a alma da maioria dos mortos está no Purgatório passando por um processo de purificação. Por essa razão, a alma necessita de orações dos vivos para que intercedam a Deus pelo sofrimento que as aflige. Nesse contexto, o Dia de Finados era conhecido na Idade Média como “Dia de todas as Almas”, dia esse que sucedia o “Dia de todos os Santos” (comemorado no dia 1º de novembro).
Durante a semana passada, a Prefeitura Municipal de Picuí, através da Secretaria de Infraestrutura, preparou os dois cemitérios públicos localizados na zona urbana para receberem os visitantes.

Para encerrar as visitas, duas missas foram celebradas simultaneamente no final da tarde; no cemitério do bairro Monte Santo o celebrante foi o padre Saulo Rodrigues. Já no cemitério do bairro São José, a missa foi celebrada pelo padre Naelson dos Santos.


COMPARTILHE