Polícia Ambiental prende 10 e apreende 400 aves que seriam comercializadas na feira livre de Picuí - Jornal Diário do Curimataú
Polícia Ambiental prende 10 e apreende 400 aves que seriam comercializadas na feira livre de Picuí

Polícia Ambiental prende 10 e apreende 400 aves que seriam comercializadas na feira livre de Picuí

COMPARTILHE
Portal Correio -


O caso foi registrado em Picuí
Segundo informações do major Tibério Leite, comandante do Batalhão, os suspeitos foram presos no momento que saiam de uma mata com as aves


Uma operação do Batalhão Ambiental da Paraíba resultou na prisão de 10 pessoas e a apreensão de um menor acusados de crimes ambiental. Com o grupo, os policiais apreenderam 402 aves abatidas que seriam comercializadas na feira livre da cidade Picuí, a 230 km de João Pessoa. A ação ocorreu na madrugada desta terça-feira (2), na zona rural da cidade.

Lei mais notícias no Diário do Curimataú
Segundo informações do major Tibério Leite, comandante do Batalhão, os suspeitos foram presos no momento que saiam de uma mata com as aves. O grupo foi surpreendido e não resistiu a ação policial.
A operação foi desencadeada após denúncia anônima. “Recebemos a denúncia sobre a prática ilícita e começamos a investigar. Quando foi na madrugada de hoje (2), policiais da Ambiental foram ao local e conseguiram surpreender o pessoal com os animais”, disse o major.


Foram apreendidos dois automóveis, uma motocicleta, roupas camufladas e uma espingarda, que era utilizada para abater as aves. Os presos foram levados para a 7ª Delegacia Regional de Picuí. “Eles serão autuados pelo flagrante e responder pelo crime ambiental. Pelas infrações, os presos deverão pagar uma multa de mais de R$ 200 mil”, confirmou o comandante do Batalhão.


Leia também: Diário do Curimataú ultrapassa mais de 1 milhão de acessos